UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

PÓS-GRADUAÇÃO EM CÊNCIA DA RELIGIÃO

MESTRADO EM CIÊNCIA DA RELIGIÃO

 

Rogers Teixeira Soares

 

As associações médico-espíritas e a difusão de seu paradigma de ciência e espiritualidade

 

Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Ciência da Religião, área de concentração: Ciências Sociais da Religião, da Universidade Federal de Juiz de Fora, como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre.

Orientador: Prof. Dr. Marcelo Ayres Camurça

Juiz de Fora
2010

 

Resumo

Este trabalho analisa o paradigma médico-espírita, proposto por médicos espíritas, e as estratégias empreendidas para legitimá-lo frente à sociedade e à medicina oficial na atualidade. Os proponentes desse paradigma estão organizados em associações denominadas Associações Médico-Espíritas (AMEs), cuja história abordaremos sucintamente. Essas associações, coordenadas pela Associação Médico-Espírita do Brasil (AME-Brasil), criada em São Paulo, em 1995, estão presentes em várias cidades e Estados, totalizando 36 entidades. Os seus associados têm publicado livros, promovido palestras, congressos e campanhas com o escopo de obter mudanças nos conceitos da medicina oficial. Além de analisarmos as estratégias de legitimação utilizadas pelos médicos associados às AMEs, analisamos também a maneira como eles aliam ciência e religião num só paradigma.

Palavras-chave: Espiritismo. Medicina. Associação Médico-Espírita. Medicina complementar