UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS
PROGRAMA DE
PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL

 

 

Bernardo Lewgoy

 

 

Os espíritas e as letras: um estudo antropológico sobre cultura escrita e oralidade no espiritismo kardecista

 

 

Tese de Doutorado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, sob orientação da Professora Dra. Paula Montero.

 

Orientadora:Profa. Dr.a. PAULA MONTERO

 

São Paulo, julho de 2000

 

 

Resumo

 

O presente trabalho, feito com base em pesquisa etnográfica e análise de literatura, analisa o modo como a cultura escrita, a oralidade e narrativas relacionam-se no espiritismo kardecista no Brasil, tendo em vista a especificidade de uma religião que, ao se pretender cristã, racionalista e erudita, legitima a autoridade de seu referencial doutrinário, cosmológico e ritual por meio de práticas culturais letradas, que necessariamente envolvem a escrita e a leitura em sua realização. Ao estabelecer um sistema de referências erudito, cuja base divide-se entre, de um lado, orientações reveladas através do transe mediúnico e a discussão grupai dessas orientações, o espiritismo atualiza não apenas um sistema religioso de crenças, práticas e valores, mas toda uma cultura bibliográfica por meio de um conjunto de performances de estudo e leitura, citação e comentário, oratória, doutrinação e prece, cujo domínio constitui a condição de participação efetiva na religião, aliás práticas vinculadas a uma socialização prévia no mundo escolar e erudito da sociedade. Investigou-se também aspectos estruturais e temáticos da literatura espírita, composta principalmente de dissertações e de narrativas, por constatar a sua centralidade na conversão, socialização e reprodução de identidades no interior deste sistema religioso contemporâneo. Todas essas questões foram articuladas ao trabalho de campo por meio de uma etnografia da leitura e da fala, bem como por intermédio de uma descrição e análise de aspectos orais e escritos da desobsessão. O caso Chico Xavier também é aqui analisado não somente por sua importância no espiritismo brasileiro, mas também por condensar toda a gama de questões abarcada neste trabalho.

Powered by OrdaSoft!