DOI  10.11606/D.47.2016.tde-15022016-121936
Documento  Dissertação de Mestrado
Autor  Ribeiro, Ricardo Nogueira (Catálogo USP)
Nome completo  Ricardo Nogueira Ribeiro
Unidade da USP  Instituto de Psicologia
Área do Conhecimento  Psicologia Social
Data de Defesa  2015-11-17
Imprenta  São Paulo, 2015
Orientador  Zangari, Wellington (Catálogo USP)
 
Banca examinadora
Zangari, Wellington (Presidente)
Machado, Fatima Regina
Maraldi, Everton de Oliveira
 
Título em português  (Id)entidades: aspectos psicossociais das variedades da experiência mediúnica
Resumo em português
 
O presente trabalho pretende unir-se aos estudos que tratam da experiência mediúnica a partir de uma compreensão propriamente psicológica, tendo como propósito a compreensão das vivências dos médiuns em três grupos religiosos Espiritismo Kardecista, Umbanda e Vale do Amanhecer. Por meio do método etnográfico e da observação participante ativa, tendo por base entrevistas semi-estruturadas e diários de campo, buscou-se compreender a relação do médium com os alegados espíritos e entidades e analisar a repercussão da vivência mediúnica na identidade e na vida do médium, identificando as características semelhantes e divergentes entre essas diferentes práticas sem desconsiderar seu contexto de ocorrência. Um total de quatro indivíduos homens e mulheres com pelo menos dezoito anos de idade por grupo religioso com pelo menos três anos de vinculação foram entrevistados. Tendo como apoio à interpretação mais livre do dado etnográfico, apresentou-se um modelo interpretativo baseado na Identidade Psicossocial, visando aliar a perspectiva da identidade social de H. Tajfel e J. C. Turner com aportes da Psicologia de C. G. Jung acerca da personalidade dos médiuns
 
Título em inglês  (Id)entities: psychosocial aspects of the varieties of the mediumistic experience
Resumo em inglês
 
This work aims to join the studies about the mediumistic experience from a strictly psychological perspective, with the purpose of understanding the experiences of mediums in three religious groups - Kardecist Spiritism, Umbanda and Vale do Amanhecer (Dawn of the Valley). Through the ethnographic method and active participant observation, based on semi-structured interviews and field diaries, it seeks to comprehend the medium's relationship with the alleged spirits and entities and to establish the role of possession on the identity of the medium by identifying the similar and differing aspects between these different religious practices without disregarding their occurrence context. Four individuals - men and women with at least eighteen years of age - by religious group with at least three years engaged on the specific religion were interviewed. In support of a freer interpretation of ethnographic data, it presents an interpretative model based on psychosocial identity (Paiva, 2007), aiming to combine the H. Tajfels and J. C. Turners social identity perspective with contributions of C. G. Jungs Analytical Psychologys on the personality of mediums