UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA
INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS
PROGRAMA DE
PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA RELIGIÃO

 

 

INÁCIO MANUEL NEVES FRADE DA CRUZ

 

 

Doutor Fritz andou de disco voador: hibridizações e sincretismos na terapia espiritual de Chico Monteiro

 

 

Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião como requisito parcial à obtenção do título de mestre em Ciência da Religião

 

Orientador: Prof. Dr. Francisco Luiz Pereira da Silva Neto

 

Juiz de Fora
2007

 

 

Resumo

 

Em meados da década de oitenta do século passado, o médium Chico Monteiro iniciava um trabalho feito com materialização de instrumentos cirúrgicos e tratamento com vibração das mãos. Inaugurava-se o processo de cura com a entidade espiritual, Doutor Adolfo Fritz, através de Monteiro e sua equipe. Essa terapêutica está inserida em um processo amplo de tratamento espiritual comumente verificável no campo religioso brasileiro. O presente estudo tem o propósito de fazer uma reflexão sobre a atualidade do Espiritismo Kardecista, das possibilidades de apropriações/resignificações na tessitura social, com base na observação da experiência de vida do paranormal. Partimos de uma noção de experiência que não se encerra no modelo dicotômico que contrapõe sujeito e objeto. Isso nos leva a considerar o corpo como condição de nossa inserção no mundo. Acreditamos estar diante de um processo de reestruturação de pactos entre indivíduos e pertenças que altera a vivência dos próprios indivíduos, ao contrário de uma espécie de retomo à cultura de origem. Nossa pesquisa fecha o foco em uma possível nova conformação terapêutico-religiosa a partir do espiritismo, algo que faz conviver o ideário de Allan Kardec com seres extraterrestres. Em suma, um espiritismo à la Chico Monteiro.

 

Palavras-chave: Chico Monteiro, espiritismo, terapia espiritual, crenças religiosas

Powered by OrdaSoft!