UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS

 

RONALDO TERRA

 

FLUXOS DO ESPIRITISMO KARDECISTA NO BRASIL: DENTRO E FORA DO CONTINUUM MEDIÚNICO

 

Dissertação apresentada ao Programa de Pós-
Graduação em Ciências Sociais da Faculdade
de Filosofia e Ciências da Universidade
Estadual Paulista – UNESP – Campus de
Marília, para obtenção do título de Mestre em Ciências Sociais.

Orientador: Prof. Dr. Andreas Hofbauer

MARÍLIA
2011

RESUMO

 

O presente trabalho propõe uma interpretação do campo religioso brasileiro, a partir do kardecismo e sua teodiceia. Essa abordagem se justifica devido aos elevados índices de supostos adeptos da reencarnação apresentados por pesquisas de opinião pública no Brasil, à intensa exposição da cosmologia kardecista na mídia e ao fato do país ser o centro de propagação do espiritismo. O ponto de partida é o permanente debate entre teóricos da religião sobre os eventuais processos de secularização e desencantamento das sociedades contemporâneas. Ao se demonstrar uma série de evidências históricas relativas aos hibridismos e adaptações religiosas no Brasil colonial, foi possível relacionar a tendência atual de religiosidade “descentralizada e errante” com a modernidade e as tradições locais. O segundo passo desta pesquisa visa investigar o surgimento da doutrina espírita no século XIX, a metodologia adotada pelo codificador Allan Kardec na organização de suas obras, a teodiceia kardecista fundamentada na noção de carma e a trajetória de perseguições e adequações religiosas do espiritismo no Brasil. Ao sugerir o pressuposto teórico de continuum elaborado por Camargo para definir o universo das religiões mediúnicas no Brasil, pondera-se que a teodiceia kardecista centrada no evolucionismo e na reencarnação, tem como função racionalizar o segmento espírita. No entanto, a descentralização do kardecismo ortodoxo e a fluência de sua teodiceia entre movimentos dissidentes indicariam sua reinterpretação tanto em âmbitos seculares como religiosos. Essas tendências, provavelmente, estariam contribuindo para a expansão da cosmologia espírita e o aumento de adeptos da reencarnação no Brasil. A título de exemplo, foi analisada a “noção de pessoa” na Projeciologia, uma paraciência sistematizada por um ex-espírita, o médico Waldo Vieira.

Palavras-chave: kardecismo, reencarnação, secularização, teodiceia, descentralização.

Powered by OrdaSoft!