UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
CENTRO DE EDUCAÇÃO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO
MESTRADO EM EDUCAÇÃO POPULAR

 

CREUSA RIBEIRO DA SILVA

 

PRÁTICAS EDUCATIVAS NO MOVIMENTO ESPÍRITA: UM ESTUDO SOBRE A CASA DA VOVOZINHA

 

Dissertação apresentada ao Programa de Pós-
Graduação em Educação (Stricto Sensu), do Centro
de Educação - CE, da Universidade Federal da
Paraíba - UFPB, como requisito parcial às
exigências para obtenção do título de mestre em
educação.
Área de Concentração: Educação Popular,
Comunicação e Cultura.
Linha de Pesquisa: Educação e Movimentos Sociais.
Orientador: Prof. Dr. Wilson Honorato Aragão

JOÃO PESSOA – PB
2006

 

Resumo

   

Esta pesquisa voltou-se para as práticas educativas desenvolvidas pela União Espírita Deus, Amor e Caridade fundada em 1931, conhecida popularmente, a partir de 1959, como Casa da Vovozinha. Essa investigação procurou analisar as atividades desenvolvidas por essa instituição, as quais tivessem um caráter educativo, focalizando a relação entre corpo e espírito. Ao longo dessa pesquisa, desenvolvemos um processo de análise, realizando entrevistas, nas quais coletamos os dados necessários para construção desse estudo. Além disso, confrontamos esses dados com os documentos representados pelos livros de atas e estatutos, como também na análise de fotos, permitindo uma triangulação de fontes. Durante a realização da pesquisa, constatamos que a União Espírita Deus, Amor e Caridade foi fundada num momento de grave crise social, política e econômica da sociedade paraibana, portanto, as pessoas precisavam de ajuda material, como também de outra concepção e visão de mundo. Verificamos que todas as atividades desenvolvidas pela Casa da Vovozinha foram consideradas educativas, compreendendo essa educação como um processo de desabrochar das virtudes morais, inatas no ser humano, o qual pode ocorrer em qualquer instância da vida humana e não apenas nos ambientes formais de ensino. Nessa vivência moral, o conceito de práxis como ação-reflexão foi fundamental, para evitar verbalismos e ativismos, ou seja, palavreados e ações desprovidas de uma ação reflexiva. Os resultados do trabalho revelaram também que a educação do espírito sobrepunha-se à educação do corpo, mostrando uma visão cartesiana de corpo e espírito, ou seja, elementos constituídos diferentemente, sendo o corpo o instrumento de evolução para o espírito e este último, representando o princípio inteligente.

Palavras-chave: Práticas educativas. Espiritismo. Casa da Vovozinha. Moral. Práxis. Relação corpo e espírito.

Powered by OrdaSoft!