Apoie o GEAE nas redes sociais

As Quatro Nobres Verdades
Uma breve comparação entre Budismo e Espiritismo

Carlos Iglesia

 

V - Prática
Impacto na Sociedade

- Budismo

"Que eu seja motivo de prazer
De acordo com a vontade de todos os seres sencientes
E sem interferência, como são a terra
a água, o fogo, o vento, as ervas medicinais e florestas.
Que eu seja caro aos seres sencientes
Como sua própria vida, e que eles me sejam caros.
Que seus pecados frutifiquem para mim
E todas as minhas virtudes para eles.
(...)
Enquanto perdurar o espaço,
Enquanto persistirem os seres sencientes,
Que eu também possa permanecer
Para dissipar as desgraças do mundo."
Estrofes de textos budistas citadas pelo Dalai Lama para explicar os ideais de um Bodhisattva
Do livro "Transformando a Mente", editora Martins Fontes
"- O Budismo prega a inação ante o mundo ?
De jeito nenhum, mas afirma que pretender agir sobre o mundo sem ter transformado a si mesmo não pode levar a uma felicidade durável nem a uma felicidade profunda. Pode-se dizer que a ação sobre o mundo é desejável, enquanto que a transformação interior é indispensável (...)".
cap. Ação sobre o mundo e ação sobre si mesmo, O Monge e o Filósofo, Jean-François Revel e Matthieu Ricard, editora Mandarim
"(...) A melhor maneira para um governante administrar o seu país é, antes de tudo, governar a si próprio. Um governante deve apresentar-se perante o seu povo com o coração compassivo, deve ensinar e conduzi-lo a remover todas as impurezas de sua mente. A felicidade que advém dos bons ensinamentos em muito excede a alegria que as coisas materiais do mundo podem oferecer. Portanto , ele deveria dar a seu povo um bom ensinamento e manter sua mente e corpo tranquilos.
(...) Assim se passa com tudo na vida cotidiana de uma nação. A mente é a fonte de tudo e, consequentemente, o governante deve primeiro levar o povo a disciplinar a própria mente.
(...) Se um país for próspero, não lhe será necessário atacar outro país e não precisará de armas de ataque.
Quando o povo está feliz e satisfeito, as diferenças de classe desaparecem, as boas ações são promovidas, as virtudes aumentadas, e os homens passam a se respeitar uns aos outros. Nesse clima todos prosperarão; o tempo e a temperatura se tornarão normais; o sol, a lua e as estrelas brilharão normalmente; as chuvas e os ventos virão regularmente; e as calamidades da natureza desaparecerão."
cap. Em prol de todos, A Doutrina de Buda, Siddharta Gautama, editora Martin Claret
O Budismo considera que a fonte dos problemas economicos e sociais é o apego ao "eu", o "egoismo". Sua influência visa diminuir o egoismo nos individuos e através da melhora do individuo, melhorar a sociedade. Considera que todos os seres senscientes (que buscam a libertação do sofrimento) tem direitos e que devem ser tratados com compaixão.


- Espiritismo


"O homem que se ilumina conquista a ordem e a harmonia para si mesmo. E para que a coletividade realize semelhante aquisição, para o organismo social, faz-se imprescindível que todos os seus elementos compreendam os sagrados deveres de auto-iluminação" Emmanuel, médium Francisco Cândido Xavier, da resposta a questão 234, O Consolador - FEB.
"Na hora atual da humanidade terrestre, em que todas as conquistas da civilização se subvertem nos extremismos. o Espiritismo é o grande iniciador da Sociologia, por significar o Evangelho redivivo que as religiões literalistas tentaram inumar nos interesses econômicos e na convenção exterior de seus prosélitos.
Restaurando os ensinos de Jesus para o homem e esclarecendo que os valores legitimos da criatura são os que procedem da consciência e do coração, a doutrina consoladora dos Espíritos reafirma a verdade de que a cada homem será dado de acordo com seus méritos, no esforço individual, dentro da aplicação da lei do trabalho e do bem; razão pela qual representa o melhor antidoto dos venenos sociais atualmente espalhados no mundo pelas filosofias politicas do absurdo e da ambição desmedida, restabelecendo a verdade e a concordia para os corações" Emmanuel, médium Francisco Cândido Xavier, da resposta a questão 59, O Consolador - FEB.
"Apoiar, quanto possivel, os movimentos e as organizações de proteção aos animais, através de atos de generosidade cristã e humana compreensão. Os seres da retaguarda evolutiva alinham-se conosco em posição de necessidade ante a Lei"
cap. Perante os Animais, Conduta Espírita, espíirtos André Luiz, médium Waldo Vieira, FEB
"(...) Quando a lei de Deus constituir a base da lei humana por toda a parte, os povos praticarão a caridade mutuamente, como os individuos. Então viverão felizes e em paz, porque ninguém procurará fazer o mal ao seu vizinho, nem viver às suas custas."
Trecho da resposta dada pelos Espíritos para a questão 789, O Livro dos Espíritos, Allan Kardec
O Espiritismo considera que a fonte dos problemas econômicos e sociais é o egoismo, fruto da ignorancia e do pouco progresso moral dos individuos que formam as sociedades. Sua influência visa diminuir o egoismo e através da melhora do individuo, melhorar a sociedade. Considera que todos os seres vivos são solidários (o progresso do espírito se dá através de uma longa cadeia evolutiva dos seres mais simples aos mais complexos) e portanto tem direitos, todos devem ser tratados com caridade.


- Análise


A reforma de uma sociedade não pode ser feita apenas através de leis externas, sem alterações fundamentais nos individuos que a compõe. Liberdade, igualdade e fraternidade são, em essência, conquistas que só poderão ser verdadeiramente estabelecidas quando o egoismo tiver sido combatido eficazmente. O combate ao egoismo exige uma transformação mental ou moral, decorrente de uma salutar disciplina espiritual. Não de trata de almejar uma sociedade regida por normas religiosas, ou dogmas, pois tanto o Budismo como o Espiritismo, não os tem, mas de uma sociedade em que a prática da compaixão, da caridade e do amor ao próximo são normas livremente escolhidas por seus cidadãos. A escolha, por sua vez, não decorre da adesão cega a uma fé, mas a certeza adquirida no estudo próprio, de que a realidade última transcende a matéria - que somente o desapego ao eu e a adesão a normas morais universais trazem a verdadeira felicidade.